LÉO VINCEY - POETA,CRONISTA,CONTISTA ,LOCUTOR...


sábado, 23 de maio de 2009

UM AMOR PRA RECORDAR

Noites passei suando frio
Pensamento voltado a ti
Contornando as janelas da ilusão
Teu caminho,meu caminho segui
Tão diferentes,tão próximos
Seguias o teu destino
Em busca dele desejava
As decepções da vida
Pouco a pouco me mostrava
Um amor se revelava
Minha resignação,vontade o atraíam
Amor crescendo em ti
Em mim transbordando
Os respingos encharcando o teu peito
Tuas mãos chegando-se às minhas
Nossos olhos fitos confirmaram a união
Prazeres divinais,gozos intensos
Felicidade vivendo conosco
Ah amor...o sonho acordado
Despertar não quero...
Como aves do infortúnio
O frio
Arrepio
Calafrio
Dores
Dissabores
Sofrimento
O mundo caindo
Céu escurecendo
Eu te perdendo
A chuva,meus olhos
Raios,trovões,o coração convulso
As flores diárias,recordações desse amor
Breve,juntos estaremos
Teu túmulo,minha cama...



Publicado 23/10/2008
Código: T1243834

Um comentário:

  1. Me lembrou o filme.Lindo! tanto qto o poema.

    ResponderExcluir